Luzes do carro iluminaram apenas dois segundos antes da colisão; fabricantes não pretendem assumir responsabilidade;

A polícia da cidade norte-americana de Tempe, estado do Arizona, publicou o vídeo do momento exato do acidente de carro autônomo da Uber que levou a vida de uma ciclista, em 18 de março.

A primeira parte da gravação mostra como Elaine Herzberg, de 49 anos, atravessa a via antes do carro da Uber atropelá-la. Vale destacar que as luzes do carro iluminaram apenas dois segundos antes da colisão. A segunda parte do vídeo mostra o operador humano — usado para retomar o controle em caso de necessidade — olhando para baixo, segundos antes do acidente, e logo depois sua perplexidade devido à colisão.

Fonte: Youtube

Anteriormente, a polícia informou que o acidente não foi provocado pelo modo automático do carro. Segundo a delegada de Tempe, nem as câmaras do carro testado nem o motorista notaram a bicicleta antes da colisão. O carro, equipado com duas câmaras, nem tentou frear a uma velocidade de 64 km/h em uma zona onde a velocidade permitida era de 56 km/h.

Algumas empresas estadunidenses, incluindo a Uber, estão realizando testes de carros autônomos. O problema principal de utilização destes carros, que em geral já estão prontos, é quem será responsável pela possível falha do modo automático em caso de um acidente sem motorista. Os desenvolvedores dos veículos não pretendem assumir a responsabilidade.

*Spunik News

Comentários

comentários