Pesquisadores chineses desenvolvem algoritmo para diagnóstico precoce da retinopatia diabética, uma das maiores causas de cegueira em pacientes com diabetes;

Xinhua – Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Hunan desenvolveu com sucesso um algoritmo de inteligência artificial (IA) que pode detectar rapidamente a retinopatia diabética. A detecção precoce melhora as consequências em uma doença que é a principal causa de perda de visão.

O algoritmo permite que médicos detectem sinais de retinopatia diabética a partir das imagens com a ajuda de um supercomputador.

“Após analisar mais de 80 mil imagens da retina, descobrimos que o algoritmo da IA tinha uma taxa de precisão de 91% na detecção retinopatia diabética, quase a mesma taxa de um oftalmologista”, disse Xi Ziwei, membro da equipe de pesquisa.

“A detecção por IA leva apenas um trigésimo do tempo usado por um oftalmologista, permitindo a redução de erro humano”, disse Xi. A China, atualmente, enfrenta um carência de oftalmologistas.


 

Comentários

comentários