Magnata e investidor norte-americano que morava em Seattle, atualmente lutava contra com um câncer;

O magnata de negócios e investidor norte-americano, Paul Gardner Allen, morreu na tarde desta segunda-feira (15), aos 65 anos de idade, anunciou a Vulcan Inc., em nome da família Allen.

“Como cofundador da Microsoft, à sua maneira quieta e persistente, ele criou produtos, experiências e instituições mágicas e, ao fazer isso, mudou o mundo”, disse a presidente da Microsoft, Satya Nadella, no Twitter.

De acordo com a empresa, Paul Allen faleceu em Seattle devido a complicações do linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer

No último dia 1º, Allen postou em seu perfil no Twitter que o câncer tinha voltado. “Soube recentemente que o linfoma não-Hodgkin que eu combati em 2009 retornou. Comecei o tratamento e meus médicos estão otimistas de que teremos um bom resultado. Agradeço o apoio que tenho recebido e conto com este apoio enquanto luto contra este desafio”, escreveu.

*Sputnik Brasil

 

Comentários

comentários