Conheça a nova atualização do WhatsApp, que vai identificar a imagem que o usuário gostaria de compartilhar e acelerar o envio;

Foto: CC0 / Pixabay

O aplicativo Whatsapp tem providenciado atualizações frequentes para continuar sendo uma das ferramentas mais utilizadas em smartphones. Com essas mudanças constantes, o programa consegue manter sua predominância no mercado, e a mais recente não parece ser exceção.

O WhatsApp tem sido um dos mais populares aplicativos a nível global desde o lançamento. Sua fama, asseguram especialistas, recebe auxílio da política de atualizações constantes propostas para os clientes.

De acordo com a publicação recente do conhecido portal de análise WaBetaInfo, em sua última atualização o programa conseguiu novos avanços. Após propor nova ferramenta que permite recuperar arquivos deletados nos aparelhos com Android, o WhatsApp surge com nova função peculiar batizada de “prever o carregamento”.

O que isso quer dizer? De fato, significa que o WhatsApp será capaz de “prever” que foto você gostaria de partilhar e carregá-la diretamente para o servidor antes que esta seja enviada. Isso, por sua vez, permite uma espécie de compartilhamento rápido de imagens, pois já estão carregadas no fundo, ou seja, dentro do servidor do WhatsApp.

Antes que você levante sobrancelhas ao querer perguntar sobre a privacidade do processo, escreve o jornal Financial Express, saiba que a última atualização do programa vai carregar arquivos para seu servidor somente se você selecioná-los para edição. Entretanto, para alguns essas explicações não bastam para se livrar de certas preocupações ligadas à cibersegurança dos seus dados pessoais.

Assim, quando você escolhe uma foto para ser partilhada, o WhatsApp costuma lhe redirecionar para a seção “editar” antes de enviar as fotos. Já nesse momento, o aplicativo vai saber que você está disposto a enviar essas fotos e vai carregá-las no servidor sem demora. Então, quando você pressiona o botão “enviar” sem mesmo editar, as fotos já serão enviadas em tempo real, evitando atrasos.

Para descobrir se você já tem essa versão em seu celular, verifique se já baixou a atualização 2.18.61 no sistema operacional iOS. No entanto, se você usa Android, a situação é um pouquinho diferente. Neste caso, o WhatsApp está introduzindo as mudanças de modo mais lento, por isso, é preciso ter a atualização 2.18.156 estável primeiro, e somente depois contar com modificação nova.

*Agência VIU! com Sputnik News

 

Comentários

comentários