Quase metade da Câmara dos Deputados será formada por parlamentares com patrimônio declarado acima de R$ 1 milhão;

Foto: Sputnik / Mikhail Kutuzov

O número de deputados federais eleitos este ano com patrimônio declarado superior a R$ 1 milhão é um pouco menor, do que em 2014. A nova Câmara dos Deputados, que assumirá em 2019, terá quase metade dos parlamentares milionários, informou o portal G1, que apurou os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No total, 241 políticos declararam patrimônio superior a R$ 1 milhão, ou seja, 47% dos eleitos.

Segundo o portal, no entanto, essa cifra representa uma pequena queda, na comparação com 2014, quanto o número de políticos milionários eleitos foi de 248.

Após a divulgação dos resultados, o partido que elegeu mais milionários foi o PSD, com 24 deputados. O MDB está em segundo lugar, com 22. Em seguida vem o PP, com 21, o PT, com 18, e o DEM, com 17. Já o PSDB, PSL, PR e PDT elegeram 16 deputados milionários cada um.

Os outros partidos com deputados milionários eleitos para a Câmara foram o PSB (15), SD (7), PRB (8), Novo (6), PODE (6), PPS (5), PSC (5), PSOL (3), PTB (3), Patriota (3), PROS (3), PRP (3), Avante (2) e PHS (2). PMN, PTC, PCdoB e DC só elegeram um candidato milionário, respectivamente.

*Sputnik Brasil

 

Comentários

comentários