Em sabatina do SBT, pré-candidato à Prefeitura do Rio diz que Paes é financiado por presos da Lava Jato, mas fica em saia justa ao ouvir que “gosta de poder”;

Na sabatina que foi ao ar nesta sexta-feira (8) pelo SBT, o pré-candidato do PSD ao governo do Rio, Indio da Costa, disparou flechadas na direção do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM). Ele afirmou que a pré-campanha do seu ex-aliado político na Prefeitura do Rio é supostamente bancada por presos na Lava Jato e que Paes anda escondido “por medo de apanhar”.

Indio só não esperava pela pedrada em forma de pergunta que partiu do repórter e editor chefe do SBT Humberto Nascimento. “Seu histórico político mostra que o senhor gosta do poder. O senhor foi secretário do Cesar Maia, o senhor foi secretário do Eduardo Paes, foi secretário do Crivella [Marcelo] e foi secretário do agora presidiário Sergio Cabral. Indio gosta de cacique?”, perguntou Nascimento. O pré-candidato rebateu alegando que rompeu com o PMDB, inclusive com Eduardo Paes.

Até janeiro deste ano, Indio da Costa ocupava o cargo de secretário Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação do governo de Marcelo Crivella (PRB). Deixou a pasta para concorrer ao governo do estado.


 

Comentários

comentários