Autopecas24

Indiano decide cortar as unhas depois de deixá-las crescer durante 66 anos e entrar para o livro dos recordes;

Foto: Reuters / Lucas Jackson

Sputnik Mundo – Um indiano, que quebrou o recorde mundial das unhas de uma mão mais compridas do mundo, optou por cortá-las depois de deixá-las crescer nos últimos 66 anos.

Ele as doou para o museu de Ripley Believe It or Not! (Acredite se Quiser, em português) de Nova York, nos EUA, relata o site oficial do Livro Guinness dos Recordes.

Chillal decidiu dispensar o corte das unhas de sua mão esquerda em 1952, quando era um adolescente de 14 anos. Hoje ele tem 82 anos.

O recorde exigiu um grande sacrifício da parte de Chillal, que afirmou que as unhas eram extremamente frágeis e requeriam cuidados especiais para não quebrarem.

No entanto, quanto mais longas as unhas, mais dores o indiano sofria, o que fez com que ele ficasse incapacitado de usar a mão esquerda, perdendo a capacidade de abri-la ou flexionar os dedos.

Finalmente, Chillal decidiu que chegou a hora de aposentar as unhas e passou por um procedimento cirúrgico para cortá-las. A partir de agora suas unhas serão exibidas publicamente no bairro de Times Square, em Nova York.


 

Comentários

comentários