Procurado pela Polícia, médium sacou R$ 35 milhões em contas bancárias e ainda não foi localizado pela Polícia;

O médium João de Deus já é considerado um foragido da justiça. Ele teve prisão decretada a pedido do Ministério Público de Goiás nesta sexta-feira (14) e a partir daí desapareceu.

A Polícia realizou buscas em 24 endereços listados em seu nome, mas ele não foi encontrado em nenhum deles. João de Deus é acusado de abuso sexual contra mais de 300 vítimas, a maioria mulheres.

Desde que as denúncias eclodiram em um programa de entrevistas da TV Globo, ele já teria sacado R$ 35 milhões em contas bancárias.

As buscas pelo paradeiro do médium estão sob a responsabilidade da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil de Goiás. Segundo informações extraoficiais, advogados de João de Deus estão negociando com as autoridades.

*Agência VIU!

 

Comentários

comentários