Estudos revelam que a bebida milenar melhora a o desempenho do fígado e ajuda o antiviral no combate a hepatite C;

Da redação

Muito tem sido dito a respeito de possíveis malefícios ao fígado, causados pelo consumo de café. Todos sabem que a bebida de uso milenar apresenta o estimulante adrenérgico cafeína (uma metil-xantina). Contudo, as evidências científicas apontam em outra direção:

1 – O fígado parece apresentar importantes melhoras em suas funções, com o consumo de café regularmente;

2 – A resposta à medicação antiviral no tratamento de hepatite C se mostra bem mais eficiente com o consumo de 2 a 5 xícaras de café por dia.

3 – A cafeína se liga a moléculas de Adenosina, uma substância relacionada à fibrose hepática, sendo dessa forma um provável agente anti fibrosante hepático;

4 – O Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH) publicou um estudo com 219 indivíduos e observou-se uma relação inversa entre o consumo de café e mortalidade e, comparou-se os efeitos do chá verde e do café em indivíduos etilistas e o café reduziu os marcadores de estresse hepático, enquanto o chá verde não afetou o fígado em nada;

Um estudo realizado no Japão com cerca de 20.000 pacientes com doença hepática crônica mostrou que os que consumiam café regularmente tinham risco 25% menor de desenvolver câncer primário e poderia citar várias outras evidências científicas que abonam o consumo de café.

Ao contrário do que tem sido dito por “especialistas”, o café não traz malefícios ao fígado. O mesmo não se pode sobre o consumo de chás de natureza pouco estudada e de uso muito recente em nosso país.

Recomendo as seguintes leituras a quem quiser se informar com ciência (e não achismo):

*Saab e cols.– Impacto do Café nas Doenças Hepáticas. Liver International, 2013.

*Kaneha e cols: Tratamento da Esteato Hepatite Não Alcoólica e Consumo de Café. Liver International, 2013.

*Freedman e cols: Consumo do café é inversamente proporcional à Mortalidade. New England Journal of Medicine, 2013.

*Jangs e cols: Efeito do Café, Cigarro e Álcool nos Testes de Função Hepática. Gastroenterology, 2012.

*Sasaky e cols: Efeito das Bebidas Contendo Cafeína nas Aminotransferases em Pacientes com Hepatite C. Plos Wan, 2013


 

Comentários

comentários