Maior estrago foi registrado na Região Serrana, onde o tráfego na ponte do Trapiche chegou a ficar interrompido;

A Prefeitura de Macaé, no Norte Fluminense, prossegue com o trabalho de reparo nos bairros e distritos que foram atingidos pelas chuvas da semana passada. As ações também foram realizadas durante todo fim de semana. Nesta segunda-feira (12), equipes da Secretaria de Infraestrutura atuaram nos bairros Campo do D´oeste, Novo Horizonte, entre outros locais. Os trabalhos também continuam na Região Serrana, onde a ponte do Trapiche já recebe obras de recuperação.

As áreas da cidade que ainda apresentam pontos de alagamentos, como na Linha Azul, sentido bairro Aroeira, que possui duas pistas com águas acumuladas foram mapeadas pela equipe de trabalho. Ao longo desta segunda-feira, trabalhadores realizaram a limpeza do canal do Capote, retirando a vegetação de gigogas, bem como a lama que acumulada nos bueiros no bairro da Aroeira. A Rua Vitória Régia e a ponte que dá acesso ao bairro permanecem interditadas.

As comunidades da Ilha Leocádia, Virgem Santa, Nova Esperança e Nova Holanda, na periferia, ainda apresentam alagamentos. O site da Prefeitura informou que Secretaria de Desenvolvimento Social está visitando esses locais e dando suporte às famílias que precisam deixar suas casas. Essas pessoas estão sendo remanejadas, temporariamente, para casa de amigos ou familiares. Apenas duas família estão abrigadas na Pousada da Cidadania, onde recebem todo atendimento necessário.

APOIO NA REGIÃO SERRANA

A Região Serrana também recebeu ações durante todo o fim de semana. Nesta segunda-feira (12), segundo informações do Secretário de Obras, Saulo Ramos, as intervenções na ponte do Trapiche já iniciaram.

“Foram realizadas avaliações por técnicos da Defesa Civil estadual, municipal e da Secretaria de Obras. A intenção é terminar a obra o mais breve possível para que possamos liberar a passagem de ônibus e veículos mais pesados. No momento, a passagem está liberado apenas para carros leves”, disse.

A ponte localizada em Serra da Cruz foi liberado para o tráfego de carros, a limpeza e reparos no Córrego do Ouro já foram finalizados. Na localidade de Estrela, em Glicério, onde os paralelepípedos foram arrancados por causa da força das águas, os trabalhos de limpeza e manutenção também foram iniciados.

As equipes do governo seguem monitorando os níveis dos rios, da Lagoa de Imboassica e braços de alimentação do Rio Macaé, como é o caso da região de Nova Friburgo. Os contatos com a Defesa Civil podem ser feitos pelo telefone: 199 ou 2793-3846 (Glicério).

*Agência VIU!

 

Comentários

comentários