Cidade tem o terceiro melhor resultado no Ideb entre as cidades com mais de 100 mil habitantes no Estado do Rio,

Macaé-RJ foi a cidade do Norte Fluminense com melhor resultado no  no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017. O resultado foi divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação, nesta segunda-feira (3).

Nos anos iniciais, a cidade alcançou 5,9, valor maior que a média nacional de 5,6 e maior que a média do Estado do Rio de Janeiro de 5,3.

A nota 5,9 referente ao Ideb – Anos Iniciais, é maior se comparada com os anos de 2015 (5,6) e 2013 (5,2).  Entre as 92 cidades do Estado do Rio, Macaé ficou em terceiro lugar, se comparada aos municípios de mais de 100 mil habitantes. No ranking geral o município ficou em 14º lugar.

O Ideb é um indicador de qualidade educacional, que combina informações de desempenho padronizados (Prova Brasil ou Saeb), obtidos pelos estudantes ao final das etapas de ensino (5º e 9º ano) em relação ao rendimento escolar (taxa de aprovação).

Macaé ficou acima de municípios como Campos dos Goytacazes (4,6), Niterói (5,4), Rio de Janeiro (5,7) e Cabo Frio (5,0). Quanto ao 9º ano, Macaé atingiu 4,5 no Ideb 2017. A média de 4,5 representa 1,2 ponto acumulado ao avanço obtido em 2015. Os números mostram crescimento muito acima da média nacional, que aumentou apenas 0,5 desde 2013.

Campos dos Goytacazes ficou na 79ª posição entre os 92 municípios, no rankin. A média do município foi de 4,6, uma redução de 0,4 ante as notas divulgadas em 2015.

Nas séries finais, entre as turmas de 9º ano, o resultado também foi ruim:  a cidade ficou em 76º, com 3,5. A secretário de Educação de Campos, Brand Arenari, atribui o fraco desempenho a ruptura da atual gestão com o critério de aprovação automática.

 

Comentários

comentários