SÃO FIDÉLIS (RJ) Decisão impõe pagamento de R$ 556 mil a título de indenização a mãe e irmã do jovem que morreu em 2013; Leia mais:

A Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, manteve por unanimidade a condenação do ex-vereador de São Fidélis (RJ), Manoel Veiga Amaral, em função da morte de Robson Valente da Fonte, de 20 anos.

O jovem morreu vítima de atropelamento no Km 35 da rodovia 158, em 2013. O veículo, na ocasião, era conduzido por Veiga Amaral.

CLIQUE AQUI E LEIA DECISÃO DA 3ª CÂMARA CÍVEL

CLIQUE AQUI E LEIA DECISÃO DE 1ª INSTÂNCIA

Uma testemunha relatou que o ex-vereador trafegava em alta velocidade e teria invadido o acostamento. Pouco antes do acidente, segundo o processo, o ex-vereador foi visto bebendo na exposição agropecuária de São Fidélis, mas não há provas nos autos de que estivesse alcoolizado.

Veiga Amaral foi condenado a pagar uma indenização que chega a R$ 566,529 mil a mãe e irmã da vítima.  Pesou na decisão do judiciário o fato do réu ser um ex-vereador e advogado inscrito na OAB. Com todas essas credenciais, ele trafegava em alto velocidade em perímetro urbano, contrariando o Código Nacional de Trânsito. A consequência foi a morte trágica de um jovem de 20 anos, que era esteio de família.


 

Comentários

comentários