Fundação de Esportes inscreve para processo seletivo simplificado; salário pode chegar a R$ 2.138;

A Fundação Municipal de Esportes de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, encerrará nesta quarta-feira (13) a inscrição para o processo seletivo simplificado visando a escolha de profissionais para atuar no programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem). Mais de 400 pessoas já estão inscritas para disputar uma das 14 vagas

Os interessados devem procurar a sede da Fundação Municipal de Esportes (FME), das 9h às 16h. As vagas são para licenciaturas, bacharelado em Ciências Agrárias, normal nível médio e tradutor/intérprete em Libras.

Para fazer a inscrição, o candidato deve levar apenas um documento de identificação original com foto — como RG, CNH e Carteira de Trabalho. A FME fica na Rua dos Goytacazes, nº 499, Parque Turf-Club, antiga AABB. O programa é uma parceria entre o governo federal e a prefeitura, através da secretaria municipal de Educação, cultura e Esporte (Smece).

Das 14 vagas, uma será destinada para candidato com deficiência. Haverá cadastro de reserva para tradutor e intérprete em Libras. Os salários variam de R$ 2.138 a R$ 1.000, neste último caso para acolhedor de crianças, com carga horária de 20 horas semanais e exigência de curso Normal nível Médio. Os profissionais trabalharão nas zonas rurais nos distritos de Santo Amaro, Morangaba, Travessão, Vila Nova e no bairro de Fazendinha.

A prova será realizada no dia 24 de junho, das 13h às 17h, com local a ser definido. A convocação está prevista para ser iniciada no dia 16 de julho. O processo seletivo será realizado em duas etapas: avaliação objetiva e comprovação de experiência profissional, exceto para a função de acolhedor. O contrato será de um ano, podendo ser renovado por igual período. A contratação será de acordo com a necessidade do Programa e às vagas existentes.

Os convocados participarão de um Curso de Formação Inicial obrigatório de 40 horas presenciais, que será realizado durante quatro dias, podendo incluir sábados.

*Agência VIU!

 

Comentários

comentários