Parte do corpo encontrado no rio Ururaí é de Eduardo Souza Martins, o MC Du, de 26 anos, um ex-aluno do Ciep; Leia mais:

Foto: Reprodução Facebook

Em Campos dos Goytacazes, a cidade mais violenta do Estado do Rio de Janeiro, os crimes têm requintes de crueldade. Nesta terça-feira (5), a vítima foi Eduardo Souza Martins, o MC Du, de 26 anos, morador do distrito de Ururaí, na periferia da cidade.  

Desaparecido durante uma semana, ele foi esquartejado. A cabeça e outras partes do membro superior do corpo foram encontradas boiando no rio Ururaí. O restante do corpo a Polícia tentava encontrar para juntar os pedaços no Instituto Médico Legal.

Mano oq fizeram cm vc foi covardia,mais Deus não dorme descansa em paz meu irmão…😫😢😭😭😭😭😭😭😭😭

Gepostet von Thiaguinho TH Madeira am Dienstag, 5. Februar 2019

A princípio a perícia não encontrou marcas de tiros, o que reforça a suspeita de que o MC tenha sido decapitado vivo, com uso de um facão, mas a polícia aguarda o resultado do laudo para definir os elementos de convicção. Há suspeitas de que o crime esteja associado ao tráfico de drogas.

Eduardo é um ex-aluno do Ciep João Borges Barreto e em sua página  no Facebook como como experiência a atuação como fiscal na Prefeitura de São Francisco do Itabapoana. A morte causou comoção na comunidade e manifestações em sua página no Facebook.

OUTROS CRIMES COM MARCA DE CRUELDADE

Este não o primeiro crime hediondo na cidade com pouco mais de 400 mil habitantes. Em abril do ano passado, a Polícia encontrou o corpo de um homem decapitado no distrito de Ponta da Lama, na zona rural. A cabeça não foi encontrada e o corpo não identificado.

Em março de 2014, o jovem Bismarck Crespo de Azevedo Moura, de 18 anos, foi decapitado no distrito de Travessão. O corpo foi encontrado a 5k de onde foi localizada a cabeça, numa estrada deserta cercada por canaviais de cana.

CIDADE NO MAPA MUNDIAL DA VIOLÊNCIA

O alto índice de criminalidade inseriu Campos dos Goytacazes no mapa mundial da violência. É apontada como a 39ª cidade mais violenta do mundo em 2015, na lista divulgada pela ONG mexicana Seguridad Justicia Y Paz em 2016. Os dados são referentes a  2015.

LEIA TAMBÉM:

O RANKING DAS CIDADES MAIS VIOLENTAS 

O levantamento é divulgado anualmente e leva em conta o número de homicídios por 100 mil habitantes, incluindo apenas cidades com população de 300 mil habitantes ou mais.

Campos aparece na frente de capitais como Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e Curitiba, no Paraná.

Caracas, na Venezuela, é a primeira colocada no ranking. No Brasil no topo da lista aparecem Fortaleza e Natal, duas capitais, respectivamente do Ceará e Rio Grande do Norte.

Na pesquisa o Brasil é o país com o maior número de cidades entre as mais violentas do mundo em 2015, mas o maior índice de violência foi detectado nas cidades da Venezuela. A taxa média brasileira foi de 45,5 homicídios por 100 mil habitantes e a venezuelana, de 74,65.

 

Comentários

comentários