Prefeitura já dispõe de recursos da Funasa para iniciar construção de ETEs, mas edital está sob análise no Tribunal de Contas do Estado; Leia mais:

A Prefeita de Quissamã (RJ), Fátima Pacheco, vai modernizar e ampliar o sistema de tratamento de esgoto no município. A cidade já dispõe de verba da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e de recursos obtidos por meio de emendas parlamentares.

Só da Funasa são R$ 7 milhões já liberados, mas o edital de concorrência para construção de duas Estações de Tratamentos de Esgotos (ETEs) ainda está sob análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O projeto vai beneficiar comunidades de três bairros, entre eles Centro e Santa Catarina, além de resolver a situação da Praia de João Francisco. No balneário, a ETE construída pela prefeitura em 2000, na gestão do ex-prefeito Octávio Carneiro, está embargada pelo IBAMA, porque o órgão considerou que a obra está dentro do Parque de Jurubatiba. Na ocasião em que foi construída, o secretário de Governo era Armando Carneiro.

Atualmente, para contornar a situação, a prefeitura está utilizando esgotamento em residências por meio de caminhões.


 

Comentários

comentários