Um passeio pelo que restou da cidade destruída pelas lavas do vulcão do Monte Vesúvio há 2000 anos;

RT – Quase 2.000 anos desde que foi enterrada sob as lavas vomitadas pelo Monte Vesúvio, artefatos ainda estão surgindo da cidade perdida de Pompeia. Agora, novas filmagens de drones oferecem aos fãs de história um tesouro visual para saborear de cima.

O patrimônio arqueológico fica localizado na Itália, a cerca de nove quilômetros a oeste de Nápoles.

De acordo com o especialista e arqueólogo de Pompéia, Steven Ellis, o passeio aéreo por partes das antigas ruas da cidade foi filmado como parte da pesquisa sobre os incríveis esforços de escavação realizados no local.

Começa no nível da rua, pairando sobre as antigas ruas de paralelepípedos antes de se levantar abruptamente para revelar o Vesúvio vizinho mortal que aparece à distância. Foi no ano 79 dC que uma erupção maciça do vulcão de 1.281 metros de altura destruiu a outrora próspera cidade romana.

Agora Pompeia está novamente movimentada, mas de uma maneira diferente – com os arqueólogos ainda descobrindo evidências de seu passado, como o corpo inteiro de um cavalo, inundado por lava há quase dois mil anos. Descoberto na área Civita Giuliana de Pompéia, os pesquisadores foram capazes de reconstruir a forma do animal em gesso.

Em maio, a gerência do Parque Arqueológico de Pompéia, protegido pelo governo, também divulgou as primeiras imagens de um homem que teria sido esmagado por um grande bloco e decapitado. Acredita-se que o homem tenha sido morto enquanto fugia da erupção. VÍDEO:


 

Comentários

comentários