Fotos históricas revelam que por debaixo das fardas dos homens de Hitler se escondiam distintas cross-dressing; Leia e saiba mais:

Nos armários de cadeadões de Adolfo Hitler tinha uma aparente tropa de enrustidos que arrombava a porta no front. É o que revela uma série de fotografias fascinantes, mostrando como os soldados nazistas alemães se vestiam com roupas femininas e  se exibiam em shows de transformismo na linha de frente.

As imagens estão compiladas em um novo livro de autoria do artista Martin Dammann, conforme revela reportagem do Daily Mail. CONFIRA FOTOS:

COMO SURGIU A IDEIA DE ESCREVER O LIVRO SOBRE OS RECRUTAS VESTIDOS DE MULHERES

Dammann pretendia pesquisar a vida dos soldados no Terceiro Reich, e acabou tropeçando em um número surpreendente de fotografias amadoras de recrutas nazistas vestidos de mulheres.

As imagens mostram soldados em festas descontraídas, trajando sutiãs, vestidos, tops caseiros e saias criadas a partir de cobertores.

O QUE DIZEM OS PESQUISADORES E HISTORIADORES SOBRE AS FESTAS DOS SOLDADOS NAZISTAS

Vestir-se em trajes femininos durante os tempos de guerra não foi um fato restrito aos nazistas alemães na Segunda Guerra Mundial. Ocorreu também  durante a Primeira Guerra.

Acredita-se que as festas divertiam os soldados e os descontraíam nos momentos de cansaço e tédio, principalmente os  heterossexuais famintos de companhia feminina.

Muitas das fotografias do livro parecem ter sido tiradas durante celebrações ou festas, quando os soldados tiveram que fazer o melhor que podiam para divertir o grupo e levantar o ânimo da tropa.

O sociólogo Harald Welzer rejeita a noção de interpretar as imagens desses soldados alemães como algo incomum e restrito à Primeira Guerra Mundial e o Terceiro Reich.

“Por mais paradoxal que pareça, essas fotografias de soldados em roupas íntimas femininas, à primeira vista tão exóticas, corroboram a normalidade da situação, e não sua excepcionalidade, precisamente em tempos de guerra”, disse.

*Agência VIU!

 

Comentários

comentários