Dicas sobre pacientes que devem usar glutamina, uma substância classificada como aminoácido não essencial;

A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no plasma e no tecido muscular. Nutricionalmente é classificada como um aminoácido não essencial, uma vez que pode ser sintetizada pelo organismo a partir de outros aminoácidos.

A substância está envolvida em diferentes funções, tais como a proliferação e desenvolvimento de células, o balanço acidobásico, o transporte da amônia entre os tecidos, a doação de esqueletos de carbono para a gliconeogênese, a participação no sistema antioxidante e outras. Por meio de técnicas de biologia molecular, estudos demonstram que a glutamina pode também influenciar diversas vias de sinalização celular.

Em situações de elevado catabolismo muscular, como após exercícios físicos intensos e prolongados, a concentração de glutamina pode tornar-se reduzida. A menor disponibilidade desse aminoácido pode diminuir a resistência da célula a lesões, levando a processos de destruição celular, mas porque com tantos benefícios associados ao seu uso ela não é recomendada para todos.

A importância do uso de imunomoduladores como a glutamina, arginina e fibras em algumas condições patológicas e em situações de estresse do organismo, como o câncer, torna-se um aminoácido essencial e imprescindível no tratamento de pacientes oncológicos por ser excelente e importante imunomodulador.

Em pessoas com câncer no trato gastrointestinal, cabeça e pescoço promove melhor recuperação, retardando o tempo de hospitalização, torna mais brandos os efeitos da quimioterapia, aumento da massa muscular e melhora a função da barreira intestinal e protege durante a radioterapia. Também sendo indicada em outras doenças inflamatórias intestinais.

A glutamina não é recomendada para você que está com um mal estar e suspeita que sua imunidade está baixa, ela realmente não vai te trazer benefício nenhum. E na nutrição esportiva ela é SIM indicada mas para atletas de elite (treinam pesado e vivem disso).

Você pessoa saudável e que não possui nenhuma das condições é melhor se preocupar em melhorar sua ingestão e de vegetais, alimentos integrais, proteínas de boa qualidade e diminuição de alimentos processados em geral.

 

Comentários

comentários