Cidade fluminense forma baristas profissionais em café, com certificação internacional; Leia e saiba mais

Um cafezinho faz parte da cultura do brasileiro. A bebida combina com bom papo e leitura. Agora, imagine um café especial, com diversos métodos de preparo, num ambiente aconchegante que respira cultura?

Certificado pela Brazil Specialty Coffee Association (BSCA) e Specialty Coffee Association (SCA), o Languagecafé, uma cafeteria cultural em Rio das Ostras/RJ, comercializa café especial e tem a única barista (profissional especializado em cafés de alta qualidade) do estado do Rio de Janeiro autorizada a formar baristas profissionais com certificação internacional.

O sonho de criar um espaço cultura com prática de idiomas e cafés de qualidade levou Adriana Valinhas a estudar sobre o assunto. Foi amor à primeira xícara. Além comercializar a bebida e livros, hoje dirige o centro de treinamento especializado.

Adriana Valinhas, do Languagecafé | Foto: Divulgação

O Languagecafé Coffee School é única cafeteria escola certificada internacionalmente nos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo que oferece um Programa de Formação mundialmente reconhecido, o Coffee Skills Program. Além disso, tem o próprio café especial, com grãos selecionados de Minas Gerais, com perfil sensorial escolhido e personalizado pela Adriana.

Os cursos são destinados a pessoas que querem ter uma profissão reconhecida no mundo todo, empreendedores e apreciadores do café.

COMO PREPARA UM CAFÉ

Preparar um café especial vai além da seleção dos grãos. Leva-se em consideração os métodos de preparo, utilização correta dos equipamentos, domínio do produto e do serviço, até o atendimento ao cliente. “Tudo isso está no nosso programa de formação de baristas certificados”, explica Adriana.

“Fiz recentemente o curso de Barista Foundation no Languagecafé Coffee School e posso dizer que foi excepcionalmente maravilhoso. As instalações e o material didático atendem por completo as expectativas de alunos que buscam uma formação séria e com conteúdo. Adriana é dedicada, focada, entusiasta sobre as disciplinas, possui uma didática que prene a atenção dos alunos, além de deixar a aula descontraída. Seu nível de detalhamento e busca pelo melhor potencial dos cafés impressionam”, diz Juliana Figueiredo, uma das alunas formadas pela barista Adriana Valinhas.

QUALIDADE DO PRODUTO

O café “gourmetizado” se popularizou muito no Brasil na última década. Por onde se anda, tanto nas capitais quanto no interior, é possível se deparar com cafeterias que sirvam de um simples espresso até as receitas mais elaboradas. Mas o café especial não é tão comum como se pensa, por isso o nome. É uma bebida com alto grau de qualidade com pontuação acima de 8 em uma escala de 0 a 10, enquanto o café gourmet é classificado a partir de 7,3.

Por ser uma cafeteria de conceito cultural e proposta educacional, o Languagecafé se tornou referência no Guia de Cafeterias do Brasil. Imagine que Rio das Ostras, uma cidade no interior fluminense, tem uma cafeteria em destaque na maior revista especializada deste setor do país.

O Languangecafé também é um estabelecimento participante do Núcleo Gourmet de Rio das Ostras e sempre está envolvido com os festivais gastronômicos do município. Unindo o café às propostas sugeridas pelos eventos de gastronomia, tem se destacado na região. Reconhecido como referência, participa de eventos nas cidades vizinhas como Macaé.

PROMOVENDO CULTURA

Muito mais que uma cafeteria e uma escola de baristas, o Languagecafé é um local de promoção da cultura desde 2013. Além dos cursos e lançamento de livros, ela abriga tardes literárias, Jam Sessions, eventos gastronômicos, concursos culturais, saraus, exposições artísticas, espaço para troca de livros, e um projeto sociocultural que é o “xodó” da Adriana – Um Livro por um Cappuccino.

O projeto acontece uma vez por ano e incentiva a população a trocar livros infanto-juvenis em bom estado por um café. Os exemplares são doados a crianças carentes, moradoras de Rio das Ostras, com o objetivo de criar o hábito da leitura entre crianças e jovens.

O Languagecafé também é um dos 65 pontos oficiais do movimento Bookcrossing no Brasil, que promove a troca voluntária de livros e tem como principal objetivo tornar o acesso à leitura universal. O movimento está em 132 países e conta com mais de 11 milhões de livros registrados.

“Além do nosso cantinho dedicado à Troca de Livros, nós também ‘deixamos’ livros em lugares públicos de Rio das Ostras, dando oportunidade do encontro com a literatura e incentivando assim e ainda mais a cultura através da leitura gratuita. Em cada livro deixado tem um recado carinhoso dizendo que ‘ele’ não está perdido e sim procurando um amigo”, relatou Adriana.

O Languagecafé está no interior sim, mas tem uma essência universal! Adriana Valinhas é uma profissional qualificada, dedicada e uma fonte inesgotável de ideias. Todos que chegam à simpática cafeteria de Rio das Ostras saem de lá diferente. Além de experimentar o delicioso café especial e os quitutes preparados por Adriana, respiram cultura na forma mais simples de fazê-la.

 

Comentários

comentários