Com base na lei da Ficha Limpa, advogado quer afastamento de Carla Machado, do vice e de um vereador em São João da Barra-RJ;

O advogado regional do PR, Antônio Maurício Costa, aguarda apenas a publicação do julgamento dos embargos do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), referente ao caso da Operação Machadada, para solicitar o imediato afastamento da Prefeita de São João da Barra-RJ, Carla Machado (PP), do vice Alexandre Rosa e do vereador Alex Firme.

Os três foram condenados por compra de votos durante as eleições de 2012. Eleitos no ano passado, os três estão exercendo mandato porque o processo é anterior ao último pleito. Contudo, em recente julgamento, o Supremo Tribunal Federal (STF) ampliou a aplicação da Lei da Ficha Limpa.

O advogado explica que a decisão alcança todos os eleitos em 2014 e 2016. “Os embargos foram negados negados no TRE, só falta a publicação”, diz o advogado. Caso haja afastamento, o presidente da Câmara de Vereadores, Aluízio Siqueira (PP), assume o bastão. Mas resta uma esperança para a prefeita: a Câmara dos Deputados poderá aprovar um projeto de lei, em regime de urgência, sepultando a decisão do STF.

Comentários

comentários